31 de agosto de 2011


Olho-me ao espelho e sinto-me cansada, cansada de tanta guerra, tanta desconfiança, tanta falta de sinceridade e capacidade de reflectir. Sinto o coração um pouco vazio, não muito, porque me proibi de sofrer mais por qualquer pessoa, proibi o meu coração de tentar ter alguma razão. Quero paz, quero calma, quero alegria e felicidade na minha vida, e não posso depender de ninguém para a ter, porque se eu não me amar, quem me ama? Ninguém.
O passado, não é apenas passado, é a nossa história, parte do nosso coração, parte de nós, olho para trás no tempo e vejo que foi tudo o que me fez crescer, com alguma ajuda abri os olhos e hoje sou uma pessoa diferente, melhor, mais forte e corajosa. Com o coração ferido e a alma dorida, mas nada que não passe com o tempo, com amor próprio e dedicação a mim mesma.
Não tenho amigos novos que me mudaram, tenho uma personalidade mais vincada com as chapadas da vida, uma maneira de pensar mais correcta, uma vida mais marcada e com mais convicção. Hoje sinto-me cansada e um pouco acabada, amanhã acordo, lavo a cara e sinto-me nova, mais viva, não feliz, mas com vontade de lutar por isso.

É verdade, o para sempre é algo relativo, mas obrigado a quem me deu a mão neste momento

13 comentários:

  1. custa tanto, mas há-de chegar o tempo de se ultrapassar isso.
    este texto está mais do que perfeito, adorei do princípio ao fim!

    ResponderEliminar
  2. «O passado, não é apenas passado, é a nossa história, parte do nosso coração, parte de nós, olho para trás no tempo e vejo que foi tudo o que me fez crescer,» - Não sou apologista de esquecer o passado pois faz parte de nós, como o disses-te. Somos nós.

    Um beijinho grande *

    ResponderEliminar
  3. nao querida xb o meu texto é inventado !

    ResponderEliminar
  4. Eu amo-te e amar-te-ei mesmo quando pensares que não consegues mais, mesmo quando tentares desistir de algo AMO-TE! E esse sentimento aumenta a cada dia que passa e não há dúvidas de que a vida é cruel mas estou aqui para sempre mesmo @
    Concordo com tudo o que disseste, concordo mesmo. Afinal Tu és Eu e Eu sou Tu ♥ mas acredita que o NOSSO Para Sempre há-de mesmo existir e provar-te-ei isso ♥ Amo-te @

    ResponderEliminar
  5. Adorei a forma como escreves, nunca tinha passado pelo teu blogue mas tornei-me seguidora o: . Adorei este texto, mesmo muito, tem uma intensidade que algumas pessoas não conseguirão atingir, identifico-me em diversas linhas.

    ResponderEliminar
  6. Sigo*

    http://soraia-omeudirio.blogspot.com/

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»