3 de fevereiro de 2012


Quantas vezes nos deixamos, gritamos ao mundo o amor, as saudades, a amizade e a dor da falta uma da outra, mas nunca uma à outra? Não sei quantas vezes deitei a cabeça na almofada e as lágrimas simplesmente escorriam enquanto eu abafava o som numa almofada, os gritos da dor, os gritos da alma perdida e o coração perdido sem ti. Sem ti a minha vida não tem a mesma cor, o mesmo sorriso.
Gostava que soubesses que te amo, com tudo o que sou, com tudo o que és de bom e de mau, porque somos assim não é? Não podemos estar longe uma da outra, tu fazes parte de mim e eu de ti. A sensação de ter o coração completo, a alma quente como quando adormecia contigo, como quando percorria todos os quilómetros que separam os nossos corpos, mas nunca, jamais as nossas almas.

You are happy with me?
Yes, always!

Amo-te.

p.s: Não consigo comentar e ou ver os blogues:
http://viver-em-liberdade.blogspot.com/;
http://esmaltesycia.blogspot.com/;
http://www.blogger.com/profile/04933636247372847823 - Ana Oliveira.

49 comentários:

  1. sei tao bem do que falas. :|
    gostei muito *

    ResponderEliminar
  2. oh, nada disso :) hão-de chegar as tuas também querida!

    ResponderEliminar
  3. a questão é mesmo essa ! já nem sei em que acreditar, eu sei que lhe metem muitas coisas na cabeça, pessoas que não gostam de me ver feliz, mas será que ele se tornou como elas ? custa-me a acreditar

    ResponderEliminar
  4. e nao sabes o quanto contente fico por saber que existe, e que cada vez parece mais raro :$

    ResponderEliminar
  5. não está nada de especial :s

    ResponderEliminar
  6. oh obrigada linda a sério <3

    ResponderEliminar
  7. é verdade!
    a última sim querida :)

    ResponderEliminar
  8. de nada, minha fofinha (:

    ResponderEliminar
  9. se fosse fácil, não teria valor. força <3

    ResponderEliminar
  10. sou uma otária, é o que é. mas caga ;)

    ResponderEliminar
  11. oh, obrigada querida :) pois

    ResponderEliminar
  12. oh, demasiadas coisas ao mesmo tempo :x
    no espaço de 4 dias, perdi o meu avô e acabei com o meu namorado. e depois foi-se tudo acumulando. oh, mas há-de passar, passa sempre, não é? obrigada pela preocupação, minha linda. <3

    ResponderEliminar
  13. não sei a que frase te referes mas sim podes (:

    ResponderEliminar
  14. mesmo -.-
    e cada vez mais vejo disso nos blogs! enfim!

    ResponderEliminar
  15. nao leves a mal mas nao me apetece muito :(

    ResponderEliminar
  16. Não eu nao vou sair do blog, porque querida? (;

    ResponderEliminar
  17. é assim mesmo que tem queser. ñ podes simplesmente ficar a deprimir em casa.

    ResponderEliminar
  18. Não querida eu agora não tenho facebook , eu apaguei o meu linda.

    ResponderEliminar
  19. és linda meu amor. amo-te muito muito muito.

    ResponderEliminar
  20. não se passa nada princesa :)

    ResponderEliminar
  21. estou farta de tudo, querida :c

    ResponderEliminar
  22. humm , eu não vejo mas gostei da foto :)

    ResponderEliminar
  23. pois é , mas é triste deparamo-nos com esta realidade : as pessoas só são felizes com o nosso mal. é tão frustrante.

    ResponderEliminar
  24. não faz mal, linda. obrigada, sério.
    oh, ele disse que estava apaixonado por outra rapariga :s
    obrigada, doce <3

    ResponderEliminar
  25. está entre aspas, não é minha, (: claro que podes utilizar *.*

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»