11 de abril de 2012


Por vezes procuro o passado em nome de todas as questões que tenho, em nome das saudades que os momentos que eu vivi, numa tentativa de me redimir dos meus erros. Erros esses, que nessa mesma procura do passado, percebo que não fui só eu, que nem todas as desilusões que são vividas são por culpa destes meus erros.
Olho para mim, vejo tudo, menos a cor, menos o sorriso, menos alma, menos força, menos prazer, menos viver. Tudo o que se faz é sobreviver, com sombras ou sem sombras, com dores ou sem dores, tudo se limita a ser o básico, tudo se limita a ser o que todos sabemos, o que todos vivemos nas horas vagas, nos momentos em que não temos ocupações possíveis.
Perdi a força do viver, a vontade do respirar, a vontade do esquecer e amar.

26 comentários:

  1. Querida que se passa?
    Oh.. mas gostaste das tuas férias?

    ResponderEliminar
  2. Nunca percas a força de viver, sorri sempre, porque por muitas coisas más que nos possam acontecer, há sempre algo melhor que está para vir! Força.

    ResponderEliminar
  3. quero-te forte como sempre o foste!

    ResponderEliminar
  4. Está pois.
    Sou da Ilha de São Miguel. *-*

    ResponderEliminar
  5. A mim também me aparece isso amor mas é pq não tenho acesso e fds :(

    ResponderEliminar
  6. Sim, sinto-me bastante insegura às vezes. E está tudo uma confusão!

    ResponderEliminar
  7. em relação ao meu namorado, estamos mesmo muito mal. ele parece que não se importa, e eu já fiz tudo o que podia fazer para chamar mais a atenção e para ficarmos bem, mas ele parece que só gosta de complicar as coisas. e em relação a família, tenho um familiar muito doente :s

    ResponderEliminar
  8. não te agarres ao passado. não te lembres que do fim de algo e volta ao inicio . (:

    ResponderEliminar
  9. o problema é quando as pessoas não compreendem essas palavras.

    ResponderEliminar
  10. Quando quiseres falar já sbs querida ;)

    ResponderEliminar
  11. desculpa só responder hoje ao teu comentário, decidi abandonar o blogger por uns dias, e acho que já cumpri o que ambicionava. vinha aqui todos os dias verificar se tinha algo, de alguém. tu entendes. sinceramente querida, não me lembro sobre o que estávamos a falar, mas passa-se o mesmo de sempre.

    ResponderEliminar
  12. De nada fofinha, mandas-te o comentário em Spam .

    ResponderEliminar
  13. pois era melhor se não acabassem :/ desculpa a demora liinda.

    ResponderEliminar
  14. Umas férias na terrinha é sempre bom e revitalizante

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»