29 de setembro de 2012

Eu não quero um namorado, um amor para a vida toda. Eu já tive esse amor e deixo-o partir, opções de vida, sonhos diferentes, tantos motivos para apenas um único amor. Estou cansada de hoje, passado tantos anos viver esse amor, quase com tanta intensidade como quando era meu, só meu, de mais ninguém. Quando vivíamos um para o outro, e não havia nada que nos pudesse separar. Eu queria sim, alguém que percebe-se exactamente o que eu sinto e penso, rir-se comigo e de mim, me desse atenção e carinho sem eu pedir. Um amigo especial, um amigo com benefícios, o que quiserem chamar, não preciso de amor, eu já tenho esse amor, guardado e escondido do mundo para ninguém o roubar. Disseram-me hoje que eu escrevo muito com base nos meus sentimentos, mas se não escrevesse... seria a mesma pessoa? Não, não seria a mesma Joana, Joo ou o que quiserem chamar. E isso preocupa-me, pensei que tinha encontrado esse amigo e depois tornou-se tudo uma mentira, um mar de confusões loucas, um afastamento sem mínimo sentido. Será que me interpretam mal ou sou eu que escrevo ao contrário? Achei que estava certa, achei que tinha explicado tudo tão bem e afinal, por conta de um mal entendido acabei por ficar sem a tua amizade. Entendes? Não, és rapaz, lá entendes estas coisas, estes sentimentos tão fortes que uma rapariga pode ter. De tantos sorrisos que me deste, só restam as lágrimas que agora deixo escorrer, porque tu eras mesmo aquele amigo, ou pelo menos eu queria acreditar que sim. 

16 comentários:

  1. Acredita que está a ser bem bom :)
    Olha querida, gostei bastante do que escreveste aqui.

    ResponderEliminar
  2. se quiseres falar já sabes que podes contar comigo :)

    ResponderEliminar
  3. adorei..e sabes, é bastante preferível um "amigo colorido" do que um amor ..

    ResponderEliminar
  4. eu compreendo querida. eu também acho que agora não preciso mais de amor, mas sim de uma amizade forte, que acho que encontrei. mas os sentimentos confundem-se sempre, nem eu compreendo o que sinto , o que eu escrevo deixou de fazer sentido, enfim, está tudo cinzento xs

    ResponderEliminar
  5. Já não é um sitio tão acolhedor.
    http://pontasdeternura.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. não, não tive coragem para o fazer, nem soube como o fazer...

    ResponderEliminar
  7. Adorei o que escreves-te.. e penso tal e qual da mesma maneira que tu! beijinho!

    ResponderEliminar
  8. ele (nós),quer estar pelo menos no dia 28/10, que é quando faz um ano que nos conhecemos.

    ResponderEliminar
  9. é mesmo e muito obrigada querida :)

    ResponderEliminar
  10. É um rapaz que me deu a volta à cabeça e isso já não acontecia a imenso tempo e eu não queria que acontecesse agora.

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»