18 de dezembro de 2012

Pedras de orgulho.

Sem ti, estou completamente nua na rua, abandonada ao frio, perdida e sem rumo. Sinto-me a sufocar, a perder a força. Isto mata-me, tu estás a matar-me. Desisto. E tu desistes de mim, luta. Eu quero que lutes por mim, que digas ao mundo que me amas, como eu grito que te amo. Porque te amo como se não houvesse amanhã, amo-te como se sem ti não houvesse ar. Amo-te mais que tudo. Percebes, eu amo-te.

15 comentários:

  1. acho que isto mais dia menos dias, passará :(

    ResponderEliminar
  2. Hum, maluco não sei, mas diferente é com toda a certeza :b

    ResponderEliminar
  3. Luta até achares que vale a pena. Quando começares a ficar gasta, ergue-te e faz desse amor saudades e segue em frente na tua vida.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Compreedo bem essa sensação.
    Gostei como a descreves-te

    ResponderEliminar
  5. Princesa, muita força, e se o amas de verdade, luta também.

    "estou completamente nua na rua"

    ResponderEliminar
  6. eu sou da opinião de que só não abre os olhos quem não quer. se já fizeste de tudo para que ela os abrisse, então deixa-a reflectir. deixa que ela queira mudar.

    ResponderEliminar
  7. Se ela não entende então tens que lhe explicar :)

    ResponderEliminar
  8. oh muito obrigado, adorei o teu post, simplesmente lindo*

    ResponderEliminar
  9. Já está linda, mas não está nada de especial :s

    ResponderEliminar
  10. Não sabia, doce. Tem força, e luta na mesma <3

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»