12 de fevereiro de 2013

Só se desilude quem um dia se deixou iludir.

Iludi-me. Achei ter o mundo aos meus pés, assim que comecei a andar apercebi-me que não tinha nada. Se calhar nunca tive. Pergunto-me todos os dias o que faço aqui, quem sou e para quê que eu vivo. Nenhuma resposta me ocorre, sinto-me oca, até mesmo vazia. Perdi um pouco as forças, olhei ao espelho e já não vejo nada, a mesma pessoa que ontem via o mundo como um poço de oportunidades loucas. Que me aconteceu? Ensinaram-me que não devo perguntar "porquê eu?" mas sim a aceitar que foi a mim, mas não sei se consigo deixar de pensar nessa questão egoísta. Procurei este conforto durante estes longos anos e agora que o encontrei acabei por o perder sem entender o que aconteceu. É só mais um conto de falhas.

31 comentários:

  1. Que se passou amor? Não, obrigada princesa, o passado está lá e não o quero trazer para aqui, nem o passado merece tanta importância para estar a ser sempre recordado :)

    ResponderEliminar
  2. Pareceu pelo penúltimo post. Chatearam-se?

    ResponderEliminar
  3. Procurar perguntas não te trazem respostas. Somos alvo de possibilidades múltiplas e nos limitarmos a definições não renderia. Apenas encontre a solução pra o que tem jeito.

    ResponderEliminar
  4. Ma belle, então?
    r: oh princesse, vais ver que alguém fará, só tens de esperar pelo momento (:

    ResponderEliminar
  5. Tenho de arranjar alguma maneira para descobrir a música. Quando não tiver nada que fazer.
    Como eu entendo as palavras que escreveste neste texto...

    ResponderEliminar
  6. Suposto porquê? Lembro-me vagamente.
    Huumm... se quiseres falar, estás à vontade.

    p.s: queres que elimine o conteúdo do teu último comentário?

    ResponderEliminar
  7. Eu sei...
    Mas nós vamos ter de superar. As coisas têm de melhorar para o nosso lado, caramba.

    ResponderEliminar
  8. Tenho saudades daquilo que me tiraram e medo do futuro. Medo de falhar.

    ResponderEliminar
  9. Entendo Joana, senti o mesmo. Infelizmente, erraste, abandonaste-me e não lutaste.
    Foi o teu maior erro, escolheres esse caminho. Mas cada um sabe de si. Abriste-me os olhos e tornaste-me uma pessoa fria mas forte.
    Wtv.

    ResponderEliminar
  10. Todas as relações que construímos, seja de que tipo for, têm falhas. Aquelas que conseguem superar essas falhas, são as que valem a pena. Pensa nisso (: e obrigada por teres partilhado a minha página, a sério *.*

    ResponderEliminar
  11. e tu tens essa força, sabes bem que sim, e podes contar sempre comigo ;))

    ResponderEliminar
  12. Todos nós temos esse momento não é? Não saber mais o que sentir, pensar ou como agir.. Não tentes procurar respostas agora, deixa que elas te apareçam *

    ResponderEliminar
  13. É uma cidade linda :)
    E então, gostaste do novo nome?

    ResponderEliminar
  14. porque dizes isso, que "gostavas que estivesse tudo bem" ? :c o que se passou com ele, e pelos vistos, contigo ? Porquê todas essas interrogações, princesa?

    ResponderEliminar
  15. Eu amo-te princesa, estou sempre do teu lado!

    ResponderEliminar
  16. correu bem! ele prometeu-me que não ia ser como das outras vezes, mas eu não sei o que isso significa, ou se ele quer voltar..

    ResponderEliminar
  17. Eu não escolhi, porque não havia nada para escolher. Tu, como minha irmã, só tinhas que me apoiar.
    Ele é o homem da minha vida, tu eras a minha metade. Como é que podia escolher?! Mas afastaste-te, fizeste a dita "escolha" por mim. O resto é conversa.

    p.s: o link que mandaste do tumblr não dá para ver.

    ResponderEliminar
  18. Obrigada querida! :3
    o q se passou querida? =/

    ResponderEliminar
  19. Que se passa contigo???
    Tens toda a razão linda.

    ResponderEliminar
  20. uma treta. já não estava habituada a passar esta data sozinha há uns anos :b
    e o teu? :)

    ResponderEliminar
  21. Na altura, eras. E abandonaste-me.

    Que mandaste no tumblr?

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»