27 de janeiro de 2013

E se me esqueceres?

Fiquei sem chão, o mundo parou. Pensei que era apenas um pesadelo, que assim que eu voltasse a abrir os olhos tudo voltasse ao seu normal. Mas não voltou. Irei ter que partir. Irei ter que deixar todos os meus sonhos, todas as minhas histórias e o meu coração ficará aqui. Quero chorar, quero disfarçar a dor que me atingiu os sentidos e não consigo. Choro de todas as vezes que penso me lembro de todas as minhas histórias, de todas as minhas tardes e noites. As festas privadas, as risadas na rua ou até mesmo nos momentos de silêncio. Porque mais nada importava, apenas nós. As nossas coisas, os nossos momentos, e se me perguntarem o que quero fazer? Fugir. Fugir contigo. Leva-me. Rapta-me. Só não me deixes ir. Nunca me deixes ir, porque eu não quero. Abraça-me, diz que tudo vai ficar bem, que é apenas do desespero. Ainda não fui embora e já tenho saudades tuas, saudades de tudo o que fizemos juntos. Amo-te. Amo-te tanto. E quando leres isto, vais-te questionar porque falo no singular, mas não te preocupes, porque todos juntos somos apenas um.

20 comentários:

  1. foi ele que perguntou e eu respondi que tudo dependia dele.
    ele hoje foi muito fofo, estavamos em conferencia c a minha melhor amiga, e ela mandou a boca de ele não me deixar ir embora, e ele respondeu: quando tu gostas muito de uma coisa, tu deixas-la partir?

    ResponderEliminar
  2. Mas ainda não sei o que fazer, nem o que escrever, mas sei que queria escrever para ela :s

    ResponderEliminar
  3. tbm ñ o quero "perder" mais! chegou uma vez ;s

    ResponderEliminar
  4. É tao emocionante o filme, ja nao chorava assim há seculos :P Essa ultima frase do teu texto, mata-me *-* Linda mesmo.

    ResponderEliminar
  5. não é nada fácil mesmo, mas vou conseguir (:
    e não tens que agradecer!

    ResponderEliminar
  6. Depois de tudo? Não, não há. Ele seguiu em frente. Obrigada na mesma *

    ResponderEliminar
  7. isso é verdade...eu afastei-me um pouco dele só para perceber o que realmente sentia, e não imaginas as saudades que tenho :s. acho que preciso mesmo de lhe contar tudo.

    ResponderEliminar
  8. Acredito, mas para o bom e para o mal, não o conseguimos fazer. Temos de aprender a viver com ele e com a dor que nos causa.
    Está lindo, e cheiro de sentimento.*

    ResponderEliminar
  9. Mas que elas existem lá isso existem.
    Este teu post está deslumbrante, adorei! :)

    ResponderEliminar
  10. Eu bem tento. Eu quero postar qualquer coisa como deve ser, mas nao sai nada s:

    ResponderEliminar
  11. um dia vais ter de desafiar esse medo, e vencê-lo :)

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»