28 de maio de 2013

Procuro-(me) fantasias.

Sinto-me nua, sinto-me cinzas, sinto-me tão pouco quando penso no tanto que já fui. Fui tanto para ti que me lês, para mim que (me) escrevo e para principalmente aqueles que me olham nos olhos e me beijam a testa. Hoje, talvez seja o que resta dessa pessoa, da pessoa que eu apaguei, da pessoa que ignorei. De mim. Eu sou os meus próprios restos, arrancados por pontas afiadas e cigarros mal acesos. Cigarros esses que são a minha companhia das horas vagas, onde os fantasmas do passado me assombram as memórias e me fazem escorrer lágrimas de sangue. Sem dó nem piedade de mim, procuro(-me) fantasias. Arrasada, enfraquecida, estou sem garra para lutar. Não existe nada pelo qual eu tenha de lutar, sinto-me nua, sinto-me cinzas, sinto-me tão pouco quando penso no tanto que já fui. Quando me observo ao espelho e vejo que a magia se foi. Sou apenas uma alma perdida num corpo. Que me alegre, o fumo que respiro, que me alegre as tardes a voar deitada, às escuras. Que me alegrem, enquanto eu simplesmente (me) procuro fantasias.

23 comentários:

  1. Eu adorei a citação e identifiquei-me tanto com ela que pronto :)

    ResponderEliminar
  2. a tua forma de escrever é linda simplesmente. estou-te a seguir!

    ResponderEliminar
  3. neste caso não se trata de amor. mas sim é verdade, por isso é que antes de amarmos os outros, temos de nos amar a nós mesmos.

    ResponderEliminar
  4. Sabes qual é o problema das pessoas? Então eu digo-te. As pessoas exageram nos pormenores como eu nos doces!

    ResponderEliminar
  5. mais ou menos , já houve piores situações ahah

    ResponderEliminar
  6. mas podias ser de um clube querida!

    ResponderEliminar
  7. No fundo, sentes-te nada. Morta, sem vida. Continuas, mas nem sabes como nem porquê.

    ResponderEliminar
  8. eu sei, mas às vezes é tudo muito complicado demais :s

    ResponderEliminar
  9. Quando isso acontece é uma merda! Mas vai tudo ficar bem, vais ver.
    Continua a ser forte :)

    ResponderEliminar
  10. claro , mas essa é a mais hilariante ahah :D

    ResponderEliminar
  11. muito sinceramente, ainda não sei.
    Mas o que descrevi foi aquele que achei "perfeito" para mim, mesmo sabendo que provavelmente ele não existe*

    ResponderEliminar
  12. é frustrante sabes? perceber que com mais rapazes que eu esteja, ele vai ser sempre "o rapaz" e nada o muda. irrita-me.

    ResponderEliminar
  13. sou sim, comecei o meu blog há muito pouco tempo :)

    ResponderEliminar
  14. Este texto está inexplicavelmente magnífico :) de um certo ponto de visto, identifiquei-me muito.

    ResponderEliminar
  15. sei como é complicado, mas um dia tudo será diferente, serás tu, sim tu viva e mais que feliz, aguenta :)

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»