9 de novembro de 2012

Cem longas curiosidades.



1. Nome: Joana Fernandes, mas tenho a alcunha de Joo e prefiro que me chamem Joo.
2. Idade: 19 longos anos.
3. De onde és? Lisboa, Odivelas.
4. Porquê a escrita? Como te sentes quando escreves? Não me sei expressar de outra forma, atrapalho-me em gestos, em carinhos, sou fria e escrever é a única maneira de sentir que posso voltar a ser quente para quem amo, adoro e que faz parte de mim.
5. O que te levou a criar um blog? Um dia, em 2008/2007, estava completamente perdida a nível emocional, não tinha amiga nenhuma de confiança, tudo me apontava o dedo, decidi criar um blogue e escrever as primeiras palavras que me vieram à cabeça. Mas antes já tinha escrito em papel, mas deitava-os fora.
6. Desde que criaste o blog sentes-te uma pessoa diferente? Em que medida? Sinto. Cresci tanto, aprendi a ser mais racional, não levar tudo para o meu mundo sentimental, sim porque eu sou muito emotiva e dificilmente conseguia ser minimamente racional, e hoje em dia consigo superar tudo, ou quase tudo sozinha e orgulho-me disso.
7. Já conheceste alguém do blog pessoalmente? Pessoalmente ou não? Conheci a minha Cláudia Gomes, mudou a minha vida por completo. E se hoje sou o que sou em parte tenho de agradecer, sem problemas nenhuns. Ela sabe o que é para mim.
8. Um blog que tenha mudado a tua vida e porquê? Muito sinceramente, eu por muito que me identifique com muitos blogues, para mim o blogue que mudou a minha vida foi o meu.
9. Qual é o teu escritor favorito? Eu não tenho escritor, nem músicas, nem cantor ou banda favoritos. Nunca fui disso.
10. De quem gostarias de ler um livro e porquê? Eu não penso nisso, acho que cada um tem de ter a confiança necessária para saber o que vale.
11. Onde gostas de escrever? O que sinto, seja bom ou mau, sempre o que sinto, o que penso. Tudo, desde que seja vindo do coração.
12. Gostas de ouvir música enquanto escreves? Tem dias que sim, outros que nem tanto.
13. Qual é o momento do dia em que a escrita te chama? A toda a hora, o último texto que escrevi foi numa aula de Direito.
14. O que inspira para escreveres?  Tudo o que me faz sentir e pensar.
15. Gostas de escrever para alguém em especial? Eu escrevo para mim, e quando escrevo para pessoas em especial identifico nas etiquetas. Por isso, sim gosto de escrever para alguém em especial.
16. Quando começaste a escrever? Tinha uns 13 ou 14 anos.
17. Escrever: acto racional ou puramente emocional? Os dois, eu uso o raciocionio para escrever com emoção.
18. Já escreveste um livro? Ou, gostavas de escrever? Não escrevi, não penso nisso. Mudo facilmente de ideias.
19. Quem te rodeia sabe que tens um blog? Sim, mas não ligam muito a isso e eu não me importo.
20. O que gostas de escrever? Sobretudo o que me vem ao pensamento e me atinge a alma. Seja bom ou mau.

80 curiosidades:


1. Tenho um péssimo mau humor matinal, logo pela manhã é raro eu falar, responder a mensagens ou atender chamadas. Normalmente insulto quem me telefona a meio da noite ou que me acordem dessa forma, irrita-me mesmo.
2. Hoje sou fria, decidida, forte e boa ouvinte, mas antes era tudo pelos outros, era facilmente influênciavel e falava demasiado.
3. Fumo, adoro fumar, fumo desde que tenho 14 anos, parei uns tempos mas voltei. Já fui alvo de criticas por causa disso, mas não me importo mais, é algo que me satisfaz a vários níveis.
4. Fui ao Optimus Alive de 2011, Rock In Rio ver os Limpbizkit em 2012, Therapy de Halloween e ao Sumol Summer Fest em 2012 e foram os melhores dias da minha vida. O que mais me marcou foi o SSF, pois estive a acampar com amigas e conheci pessoas que são fantásticas.
5. Um dia, estive perto de entrar em coma alcoólico.
6. Já sofri por amor, mas também fiz sofrer. Aprendi com isso, consegui superar essa dor passado uns bons meses, se não mesmo um ano e hoje esse rapaz é um grande amigo.
7. Já cortei os pulsos, já tomei uma caixa de comprimidos enquanto bebia vodka para morrer.
8. Acredito no amor à distância, mas não em relacionamentos. Já passei por alguns e todos correram mal, porque de amar a conseguir suportar tudo vai uma longa distância.
9. Sofri de bullying, até que houve um dia em que me fartei de ser gozada e dei um murro da boca do rapaz. Apartir desse dia, nunca mais tentaram deitar-me abaixo na escola, e os que tentaram acabaram sempre mal.
10. Odeio que as pessoas que eu gosto não me contem certas coisas porque têm medo que as critique, eu defendo sempre os meus, dou tudo para que nada lhes falte.
11. Não sei falar sobre mim, acho que tenho sempre a tendência de me mandar abaixo.
12. As pessoas mais importantes da minha vida são a minha Mãe, o meu Pai e o meu Irmão. Apesar de nem sempre estar tudo bem entre mim e a minha mãe, ou entre mim e o meu irmão, adoro viver com eles. Um dos meus maiores sonhos é que o meu pai não tivesse de trabalhar fora do país para me sustentar.
13. O meu padrinho teve problemas com drogas e foi o facto de eu existir que o motivou a mudar de vida.
14. Adoro sorrir, apesar de ter uns dentes horríveis. Adoro chorar de alegria, apesar de nunca chorar muito.
15. Eu ou estou muito bem ou muito mal, dentro de mim não há um meio termo. Amo ou odeio.
16. Gosto de Hip Hop, gosto de Rock, de Reggae, Hardcore, Drum 'n' Bass, também oiço algum Dubstep, adoro música que me faça vibrar ou que a letra mexa comigo.
17. Já chorei muito sozinha durante a noite, e durante o dia acordar e fingir que está tudo bem. Já sofri de insónias graves e ainda sofro, tenho bastantes pesadelos e sofro com isso.
18. O dia em que fiz 19 anos foi um dos piores dias da minha vida, juntamente com o dia em que fiz 18. Portanto, não vou comemorar os meus 20 anos.
19. Tenho medo que as pessoas se esqueçam que eu existo, que não precisem de mim, que não me queiram na vida delas. Tenho medo que me abandonem.
20. Quatro das pessoas mais importantes para mim, deram-me a alcunha de Panda Chinesa, e uma delas tem o meu nome no telemóvel como Panda e eu adoro.
21. Sou preocupada com tudo e todos. Normalmente prejudico-me imenso por ser assim, mas eu quando amo alguém nada lhe pode faltar e como eu amo os meus amigos, nada lhes pode faltar.
22. Tenho uma tatuagem e adoro-a, tenho o objectivo de fazer mais umas quantas, adoro tatuagens. A primeira que tenho é dedicada à minha família.
23. Quero ser psicóloga, tenho tendência de ajudar todos, inclusivamente pessoas que eu não goste tanto.
24. Odeio coisas e pessoas irritantes, odeio que me telefonem só porque não têm nada para fazer, odeio perder tempo, odeio chegar atrasada ou de esperar por alguém. Odeio quando gritam comigo por birras, sou uma pessoa extremamente violenta, normalmente quando me irrito muito dou um murro à pessoa.
25. Sou poupada, maioria das coisas que tenho e das viagens que já fiz, foram pagas por mim e pela minha mãe. Já fui até ao Porto, Bragança, Vila Real e Beja, sozinha, em família já fui ao Algarve, Costa da Caparica, Espanha, França.
26. Sou um bocado egoísta no que toca a dividir objectos, odeio que usem as minhas coisas sem pedir, que usem as pessoas que gosto só para me chatear. Sou ciumenta também.
27. Sou super trapalhona a andar e a correr, acabo sempre com o rabo no chão quando ando de autocarro e ou metro.
28. Adoro viver, apesar da vida ser uma filha da puta para mim, adoro viver.
29. Já sofri por amizades, muito mesmo. Mas tudo se resolveu.
30. Já passei férias só com amigos, já bebemos até cair, já discutimos, já fizemos as pazes e acabamos por adormecer todos juntos num sofá a ver um filme de terror.
31. Tenho preguiça de ir tirar a carta de condução porque acho que não vou precisar dela tão cedo.
32. Adoro andar de lambreta com um amigo meu.
33. Antigamente apaixonava-me facilmente, mas isso rapidamente mudou. Agora tenho dificuldade em apaixonar-me.
34. Demoro imenso a confiar numa pessoa e se por acaso confio logo é porque essa pessoa me marcou realmente muito.
35. Adoro filmes da Disney, o meu sonho era ir a Paris visitar o castelo das Princesas Disney.
36. Quando discuto é porque tenho razão, odeio perder tempo a discutir, e quando erro peço desculpas, admito sempre o que faço, de bom e mau.
37. Não gosto de quando está muito frio, nem quando está um calor insuportável. Adoro ver a chuva da minha janela da cozinha.
38. Adoro artes, adoro fotografia, adoro tudo o que envolva originalidade e qualidade. Gostava de ter uma máquina fotográfica e de ser modelo.
39. Gosto de sinceridade, amizade, amor, gosto de carinho, felicidade e sorrisos.
40. Nem sempre consigo dizer 'não' às pessoas, não consigo fazer mal, apesar de ser vingativa e muito.
41. Tenho um tumbrl, e adoro-o. Tenho mais um blog e também o adoro.
42. Há dias que tenho muita paciência e outros que não tenho paciência nenhuma.
43. Adoro sapatos, botas e sapatilhas. Adorava ter um armário cheio.
44. Por vezes gosto de frases feitas, outras vezes gosto de as fazer.
45. Já tive uma mente pura, já fui inocente e ingénua.
46. Gosto de azul, preto, cinzento, cor-de-rosa, roxo, vermellho, branco e lilás.
47. Uso um anel que me foi oferecido pela minha mãe e um colar oferecido pela namorada do meu irmão.
48. Adoro cap's, apesar de achar que não me ficam muito bem.
49. Nunca tive uma grande auto-estima, apesar de saber lidar bem com isso e saber valorizar a pessoa que sou.
50. Sou muito mariquinhas, mas quero fazer um piercing no umbigo.
51. Gosto de calças de pano largas, calças de gangas justas e all star.
52. Gosto de beijos na testa, abraços longos e que me limpem as lágrimas.
53. Chumbei duas vezes, uma no 8º ano e outra no 10º, estou agora no 12º ano.
54. Já andei muitas horas a pé, mas também já fiz birra para não andar.
55. Tenho um tique nervoso, que é mexer nos meus caracois super imperfeitos.
56. Gostava de ser ruiva, mas gosto de ter uma pele morena.
57. Amo estar na praia de manhã à noite e dormir na toalha.
58. Eu sei mentir, fingir, mas opto sempre para nunca o fazer.
59. Tenho vergonha do meu corpo, mas isso não me impede de andar de bikini curto na praia.
60. Odeio matemática e todas essas matérias complicadas.
61. Tenho medo que a minha mãe, pai ou irmão morram.
62. Já sonhei que uma pessoa ia morrer e ela um dia depois morreu mesmo.
63. Adoro camisolas de lã e gorros. Acho super fofo e confortavel.
64. Às vezes queixo-me só para as pessoas pararem de fazer o que estão a fazer, como cócigas e afins.
65. Gosto de ler textos filosóficos, gosto de filosofia, psicologia, gosto de estudar quando estou aborrecida.
66. Não tenho medo de morrer, mas tenho medo de ver as pessoas que amo mortas.
67. Não gosto de magoar as pessoas que gosto, nem que elas me magoem.
68. Odeio o sabor do café, cerveja e bebidas com gás.
69. Tenho uma mente super perversa.
70. Adoro ice tea de pêssego e de limão, gosto de nestea, adoro leite com chocolate da agros e barras de cereais do pingo doce.
71. Acho-me complexa mas ao mesmo tempo muito simples.
72. Mau feitio, meio revoltada, mas considero-me boa pessoa.
73. Não trabalho sobre stress provocado por outros.
74. Deixo tudo para a última da hora.
75. Sou preguiçosa, respondona e mandona.
76. Faço quase todas as vontades dos outros.
77. Tenho medo de me contradizer.
78. Controlo bem os meus medos e sentimentos.
79. Normalmente tenho uma atitude do género "i don't give a fuck".
80. Tudo o que está aqui escrito é verdadeiro e sincero

30 comentários:

  1. tenho visto muito disto por aqui. é sempre bom ficarmos a conhecer melhor as pessoas*

    ResponderEliminar
  2. obrigado pelas melhoras, mas já estou bastante melhor :)
    por este teu post passei a conhecer-te um bocadinho melhor querida :)

    ResponderEliminar
  3. li isto tudo querida. e este post realmente fez com que te ficasse mesmo a conhecer melhor :)

    ResponderEliminar
  4. li isto tudo querida. e este post realmente fez com que te ficasse mesmo a conhecer melhor :)

    ResponderEliminar
  5. Consigo ter tempo para tudo , lá está, tenho uma boa gestão de tempo e apesar de ser sentimental, consigo ter uma distância suficiente para que as relações com os doentes não me perturbem :)

    ResponderEliminar
  6. Revi-me em muitos dos aspectos que aqui escreves-te. Quero seguir psicologia também, tenho esse terrível defeito de não saber dizer "não" às pessoas, e sou muito emotiva.
    Eu percebo que esses assuntos te revoltem, a mim fazem-me o mesmo! Acho horrível a sério vivermos numa sociedade assim. Porém, acredito que vai mudar.

    ResponderEliminar
  7. Pois é querida. A vida é complicada.
    Já te fiquei a conhecer um pouco melhor, apesar de ao ler tudo .:)

    ResponderEliminar
  8. Vi o teu blog e senti curiosidade de ler o que escreves e adorei.. vou seguir*

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. e ficam tão bem a certas pessoas (:

    ResponderEliminar
  11. eu vou tratar de arranjar o blogue hoje para conseguirem por a seguir .
    desculpa querida :)

    ResponderEliminar
  12. oh, és tão grande comparando comigo ((:

    ResponderEliminar
  13. identifiquei-me com algumas e estou a seguir :')

    ResponderEliminar
  14. mas também entre estar com pessoas falsas ou sozinha prefiro estar sozinha :)

    ResponderEliminar
  15. acho que nunca te comentei, mas gosto do que escreves :)
    e a "fix you" é a minha música favorita :))

    ResponderEliminar
  16. Linda, é fácil. Quando entras no meu blog, tens 3 colunas ao lado. O sobre mim, os seguidores e para subscrever. Clicas na 2ª, dos seguidores e aí podes seguir. :) <3

    ResponderEliminar
  17. Temos muitas coisas em comum, principalmente no que diz respeito aos gorros e ao piercing no umbigo [também sou mariquinhas...].

    Quanto à pergunta que me fizeste, é algo que já vem desde 2007, na altura que namorei com um rapaz super controlador e possessivo. Aconteceram certas coisas que me puseram no fundo do poço e desde aí nunca mais consegui confiar a 100% nas pessoas. Fui-me levantando sozinha mas descobri à uns meses atrás que nunca cheguei a melhorar e comecei a sentir-me pior que nunca porque aconteceram certos problemas com os meus pais para os quais fui arrastada e enquanto isso as pessoas que considerava minhas amigas não se chegaram ao pé de mim para me perguntar porque andava triste, limitando-se a dizer-me que andava com mau feitio e só sabia responder mal. Tudo em conjunto fez-me chegar ao ponto que estou hoje. A minha motivação para seguir em frente é que já tive dias piores e recuperei. Tudo se consegue, basta querermos :)
    Obrigada pela preocupação minha querida!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. gostei de ler estas curiosidades sobre ti :)

    ResponderEliminar

«O teu anjo da guarda fala pela boca daquela mulher, que não tem mais inteligência que a do coração, alumiada pelo seu amor.»